Vítimas do helicóptero do INEM recebem homenagem numa lápide

0

A população de Macedo de Cavaleiros juntou-se este sábado em homenagem aos tripulantes do Héli 3 do Instituto Nacional de Emergência Médica, que morreram em dezembro, em Valongo, após a queda do aparelho no regresso à base após uma missão.

Esta homenagem serviu para agradecer toda a dedicação da equipa que perdeu a vida neste trágico acidente.

A lápide com fotografias e os nomes dos respetivos tripulantes foi descerrada numa cerimónia carregada de emoções fortes, onde muitos ficaram com lágrimas.

O presidente da Câmara, Benjamim Rodrigues, lembrou que a luta da região para manter o helicóptero em Macedo de Cavaleiros “foi grande”. Este héli já fez mais de 2900 missões.

Na publicação do INEM no facebook, pode ler-se a seguinte mensagem:

“Uma homenagem que não é mais do que o reconhecimento do valoroso serviço que estes profissionais prestaram ao Ministério da Saúde e ao país, na sua incansável entrega a um trabalho de grande valor para os cidadãos que precisam a cada momento de cuidados de emergência médica pré-hospitalares.”

Raquel Duarte
Secretária de Estado da Saúde”

Relembre-se que decorrem dois inquéritos relativamente a este acidente: um do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAAF) e outro por um juiz nomeado pelo primeiro-ministro.