Vítima de violência doméstica exige visitas íntimas com o homem que a agrediu

Lisete Rodrigues, de 34 anos, diz que apresentou uma queixa por violência doméstica contra o então namorado como um ato de vingança.

Lisete revelou ao Correio da Manhã que que “Não há vítima nem agressor. Ele foi preso porque eu prestei falso depoimento”.

Tiago Rodrigues foi condenado a cinco anos e quatro meses de prisão, e agora, o casal pediu para ter acesso a visitas íntimas.

A direção da prisão ainda não terá dado nenhum tipo de resposta ao casal após o pedido.

A mulher, que diz agora lutar agora para conseguir uma revisão na sentença de Tiago e para ter acesso a visitas íntimas, contou: “não vou desistir até provar a inocência dele”.




Artigos relacionados