Na Irlanda, as agências funerárias estão a ser aconselhadas a enterrar as vítimas mortais sem permitir serviço funerário, visto que a doença pode ser transmitida até dias depois da morte dos infetados.

A Associação Irlandesa de Diretores Funerários (IAFD) recebeu a informação de que o vírus do Covid-19 pode manter-se ativo dentro do corpo humano até vários dias depois da morte.

Foi também ordenado para que as agências funerárias organizem os funerais via telefone para evitar que o vírus mortal se propague.

“O problema é que geralmente há ar preso nos pulmões quando alguém morre. Quando mexemos no corpo esse ar sai. Não há certezas de quanto tempo o vírus permanecerá nos pulmões e é isso que preocupa”, revelou Keith Massey, da Rom Massey e Son Funeral Directors, em entrevista à RTE.

Não se sabe no entanto quanto tempo o vírus pode permanecer ativo no interior de um corpo morto.

O porta-voz da IAFD garante que a associação não pretende gerar alarmismos ou “ser insensível ao trauma dos entes queridos após a morte de um familiar” contudo, quer sim, assegurar a saúde das pessoas.

DEIXE A SUA OPINIÃO