fbpx

Viola irmãos de 8 e 10 anos após treinos de futebol, no Porto

Homem foi condenado a sete anos de prisão por abusar dos meninos em várias ocasiões, no Porto.

Pessoa de confiança da família, o arguido disponibilizava-se diariamente para levar os dois irmãos, de 8 e 10 anos, aos treinos de futebol e aos respetivos jogos em que participavam.

Nessas noites, as vítimas ficavam a dormir na casa do amigo dos pais, que, entre 2012 e 2016, os violou, pelo menos quatro vezes em diferentes ocasiões, numa cama daquela habitação. O homem foi condenado a sete anos de prisão – pena agora confirmada pela Relação do Porto.

O arguido foi sentenciado por crimes de abuso sexual de criança. Refere o acórdão que o menor, de 10 anos – idade à altura – foi atacado numa noite de sábado para domingo, algures entre 26 de janeiro e 23 de dezembro de 2012. Já o seu irmão foi alvo de três investidas sexuais, entre junho de 2013 e maio de 2016 – sendo que numa delas conseguiu fugir.

A este menor de 8 anos, o arguido disse que, se contasse o que faziam, o matava. O menino tinha, assim, medo do predador e, por isso, acatava as suas ordens.

Para se certificar que este não contava nada a ninguém, o arguido, sem antecedentes criminais, também lhe ofereceu um telemóvel, um tablet e uma consola com comando e jogos – mas que o menor apenas poderia usar em casa do homem.

O tribunal teve em conta as declarações para memória futura dos dois irmãos. O arguido, em data posterior aos crimes, reformou-se devido a graves problemas de saúde e de visão. Já foram emitidos mandados de detenção.




Artigos relacionados