Vários feridos em noite dramática na praça de touros em Coruche

Assistiu-se a um verdadeiro cenário de terror na praça de Coruche, durante corrida mista em homenagem ao bandarilheiro Manuel Badajoz que decorreu neste sábado.

Dois cavaleiros tauromáquicos, Ana Batista e João Moura Júnior, foram colhidos de forma aparatosa, numa altura em que lidavam com o segundo e sexto touro, respetivamente.

Terão sido assistidos no local, na enfermaria da praça, e de seguida foram levados para o Hospital de Santarém. Segundo adianta o Correio da Manhã, o cavaleiro teve que ser suturado na cara, mas ambos já se encontram em casa a recuperar.

Os forcados João Ventura e Luís Fera, do Aposento da Moita, ficaram em estado mais grave. João perdeu os sentidos na arena, contudo já teve alta hospitalar, tal como Luís Fera, que sofreu ferimentos graves.

Fera terá sofrido uma fratura no maxilar, e teve que ser transportado pelo helicóptero do INEM para o Hospital de São José, em Lisboa, tendo ficado em coma induzido.

O cavalo Xeque-Mate, de João Moura Jr., foi abatido depois de validação veterinária, após ter sofrido uma queda aparatosa que o deixou com uma fratura exposta.

A praça de Coruche contou ainda com a presença dos cavaleiros Luís Rouxinol, Manuel Telles Bastos e os matadores Nuno Casquinha e Diogo Peseiro, bem como os Forcados Amadores de Coruche.




Artigos relacionados