A morte de António Lemos, também conhecido por Tony Lemos, apanhou todos de surpresa.

O artista, músico e irmão da vocalista Santamaria, e um dos fundados desse mesmo grupo musical, terá posto termo à própria vida no interior da habitação, na terça-feira em Fornelos, Barcelos.

A notícia foi adiantada pelo próprio grupo, que deixou nas redes sociais uma imagem do artista onde se pode ler: “A FAMÍLIA SANTAMARIA FICOU HOJE MAIS POBRE! AGRADECEMOS O VOSSO CARINHO NESTE MOMENTO DIFÍCIL! ESTARÁS SEMPRE CONNOSCO A CADA MOMENTO! ATÉ UM DIA IRMÃO!“.

O artista, que era pai de dois jovens rapazes, de 15 e 21 anos, fruto de um relacionamento terminado há algum tempo com Valéria, esperava ainda o nascimento da primeira filha.

Contudo, nem esta notícia foi suficiente para evitar que Tony Lemos terminasse com a própria vida, o que aconteceu na terça-feira, após ingerir uma quantidade excessiva de comprimidos.

Nas redes sociais foram centenas as pessoas que quiseram expressar a sua tristeza pela morte inesperada do artista, como foi o caso do comediante Fernando Rocha:

«F, Tony, porque é que foste fazer essa merda, estou f contigo! Estou a berrar por dentro. Além da tua família, todos nós te amamos, nada justifica o suicídio! C*, mano, porque é que foste fazer isso? Estou sem chão!», escreveu na legenda de uma fotografia do artista que partilhou no Instagram.