São vários os estragos que se têm verificado por todo o território continental.

Em Joane, Vila Nova de Famalicão, a força do vento que a depressão Elsa conseguiu dobrar oito postes de alta tensão.

Face ao mau tempo, a EDP já ativou o estado de ‘perturbado’ no Norte do país, sendo que o restante território do país está em modo ‘alerta’, situação que foi ativada desde a quarta-feira.

O mau tempo já obrigou os bombeiros a responderem a 1284 ocorrências entre as 0h e as 11h50 desta quinta-feira, a maioria delas relacionadas com quedas de árvores. Sabe-se ainda que pelo menos 17 pessoas ficaram desalojadas temporariamente.

Só no distrito de Braga e Porto, são mais de 927 ocorrências, motivadas sobretudo pela queda de árvores, inundações e quebra de estruturas de fornecimento de energias e de materiais de construção.