A força policial foi apanhado em flagrante com dois homens de nacionalidade espanhola.

Fernando Silva, subchefe da Polícia Marítima (PM) está envolvido em descargas de 4,5 toneladas de droga no Porto de Quarteira. Mesmo tendo abandonado o local, este foi detido pela Polícia Judiciária.

Esta terça-feira, por volta das 04h00, o responsável pela PM dirigiu-se ao porto de pesca da cidade algarvia onde se apresentou com outro homem ao segurança local, informando que era um colega de trabalho.

Explicou também que seria para a realização de trabalhos com umas redes de pesca, pelo que pediu ao segurança para desviar as câmaras de video-vigilância para uma área específica.

Pouco tempo depois, foram avistados por pescadores, que sucessivamente alertaram o segurança, dois homens a fazerem descargas de fardos suspeitos de um barco. Foi chamada a Polícia Marítima ao local, as 04h30, que detiveram os dois homens espanhóis.

Dois veículos que estariam envolvidos no tráfico, incluindo aquele onde seguia o subchefe da PM, após abandonarem o porto, foram perseguidos, com o apoio da GNR, mas sem sucesso.

A Polícia Judiciária foi chamada ao local, obtendo toda a informação do episódio através do segurança. O subchefe da PM, condenado e visto como um dos mais ativos, foi formalmente detido. Perante o tribunal, ficou em prisão preventiva assim como os dois homens que estavam envolvidos das descargas.

Foram apreendidos 133 fardos com cerca de 4.5 toneladas de haxixe no total.