Ágata continua a lutar contra o cancro na bexiga, e realiza todos os meses uma sessão de quimioterapia.

Apesar de já ter ultrapassado a fase mais complicada da doença, a cantora de 60 anos realiza tratamentos de quimioterapia pelo menos uma vez por mês.

“Já [passou a pior parte], porque foi retirado o tumor. Agora, vou ter de fazer novos exames. Isto é uma coisa que se tem de vigiar, não se pode desleixar para evitar [o aparecimento de] algumas células. Estamos a fazer tratamentos como manda o protocolo. É uma injeção localizada, feita dentro da bexiga mesmo”, explica a cantora à revista vip.

A nível físico, a artista não tem tido efeitos colaterais do tratamento, como a perda de cabelo. “Porque é uma quimioterapia localizada, não vai ao sangue, é dentro do órgão”.

Contudo a cantora admite que o processo de recuperação não tem sido fácil, “nos dias em que faço tratamento acabo por ficar em casa, sinto-me em baixo e acabo por evitar estar com pessoas” revelou ao CM

Apesar dos dias mais difíceis, a cantora prepara-se para lançar um novo trabalho discográfico, e prepara também mais uma digressão pelo país.

DEIXE A SUA OPINIÃO