Daniel Oliveira, o diretor de programas da SIC, colocava algumas barreiras nas grandes ambições de Cristina Ferreira.

As possíveis razões que levaram Cristina Ferreira a abandonar a SIC e regressar à TVI, poderão ter sido motivadas por algumas atitudes do diretor de programas do canal de Paço de Arcos.

Daniel Oliveira, que se mostrou desiludido com a saída de Cristina Ferreira da SIC, chegou a colocar algumas “entraves” nas ambições da apresentadora, o que a terá deixado pouco contente com a estação televisiva.

De acordo com a revista ‘TV Mais’, houve várias discordâncias entre Cristina Ferreira e Daniel Oliveira, durante os cerca de dois anos em que a apresentadora esteve na SIC.

Segundo a mesma fonte, a apresentadora mais mediática do país queria intervir na área da ficção e ter poder de decisão em relação a programas ou reality shows exibidos naquele canal. No entanto, Daniel Oliveira não o terá permitido.

Também segundo o que consta, Cristina Ferreira nunca teve como objetivo estar à frente do programa ‘Prémio de Sonho’, transmitido na SIC ao final de tarde, mas teve que o fazer por decisão do diretor de programas daquele canal.

Cristina Ferreira nunca lidou bem com o facto de Ricardo Araújo Pereira ganhar 50 mil euros por um programa semanal enquanto ela ganhava 80 mil euros por mês por um formato diário, revela ainda a mesma fonte.

A apresentadora terá até chegado ainda a dizer que Daniel Oliveira é “controlador”, “não quer ouvir ninguém” e “trabalha de forma solitária”.

DEIXE A SUA OPINIÃO