fbpx

Quatro bombeiros feridos, um em estado grave nos incêndios de Sertã e Vila de Rei

Continuam a lavrar com grande intensidade os fogos nos concelhos da Sertã e Vila de Rei. Vento dificulta combate às chamas.

Adjunto operacional nacional da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) afirmou que quatro bombeiros ficaram feridos, um deles em estado considerado grave, na sequência dos incêndios que afetam o distrito de Castelo Branco este sábado.

Os incêndios que continuam a deflagrar nos concelhos de Vila de Rei e da Sertã, no distrito de Castelo Branco, já feriram quatro operacionais dos bombeiros que combatem as chamas, três deles ligeiros e um ferido com gravidade.

O balanço foi feito às 20:00 deste sábado por Alexandre Penha, adjunto operacional nacional da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

Os incêndios, que deflagram desde o início da tarde deste sábado, mobilizam mais de 500 operacionais dos bombeiros, 151 veículos terrestres e 17 meios aéreos.

As chamas ameaçam aldeias de Monte Novo, Fouto e Relva do Boi. A estrada nacional 2 (EN2), entre Vila de Rei e Sertã, nas proximidades da Cumeada, está cortada ao trânsito e a praia fluvial do Bostelim, em Vila de Rei, foi evacuada por precaução.




Artigos relacionados