fbpx

Professor de 22 anos abusava de menina de 12 anos dentro do seu carro em Gaia

Um homem informático de 22 anos, responsável pelo folclórico de Vila Nova de Gaia, foi detido depois de abusar de uma menina de 12 anos.

Os crimes terão acontecido já há mais de um ano, contudo, os pais nunca suspeitaram de nada, e até deram autorização ao docente para levar a criança a casa no final dos ensaios, uma vez por semana.

A Polícia Judiciária deteve o jovem pedófilo num momento em que este se encontrava na viatura com a vítima, numa zona isolada, sem iluminação, que está associado a práticas de cariz sexual em Oliveira do Douro.

Terá sido um popular a alertar a polícia municipal para esta situação quando se confrontou com a situação.

Sabe-se ainda que o pedófilo guardava várias fotografias da menor despida no seu telemóvel.

“Nas diligências subsequentes, apuraram-se as circunstâncias de tal permanência naquele local, vindo a constatar-se a existência de factualidade criminal relacionada com abusos sexuais de crianças e de pornografia de menores, vindo o suspeito, de 22 anos de idade e residente em Vila Nova de Gaia, a ser detido para ser presente a primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas”, informa a PJ.




Artigos relacionados