Filhos de dois e quatro anos encontravam-se em casa no momento do crime.

Mulher foi atacada com uma lâmina cortante em frente aos filhos.

O homem que matou, esta sexta-feira, a companheira, de 35 anos, com recurso a uma arma branca ficou em prisão preventiva.

Adilson Venâncio, de 35 anos e de nacionalidade brasileira, degolou a a companheira, também natural do Brasil, com recurso a um x-ato à frente dos dois filhos menores, de dois e quatro anos de idade.

O crime aconteceu dentro da residência do casal, situada no Centro Comercial Maringá, em Leiria. Sendo que os andares do topo deste estabelecimento comercial são compostos por pequenos apartamentos.

Foi Adilson quem ligou às autoridades e confessou o crime, que terá acontecido num contexto de violência doméstica.

Depois do homicídio o agressor ter-se-á colocado em fuga. No entanto acabou por ser detido pela Guarda Nacional Republicana no IC2, perto de Pombal, na sequência de um despiste da viatura que conduzia.

O homem estava em Portugal há cerca de nove meses e chegou a desabafar com colegas de trabalho que algo não estava a correr bem dentro do seio familiar.

DEIXE A SUA OPINIÃO