Polícias heróis evitam que mulher se suicide do 3º andar com bebé ao colo, em Corroios

Os dois agentes da Polícia de Segurança Pública evitaram que mulher, em desespero, se atirasse do 3º andar de um prédio.

Tiago Morais e João Martins, agentes da PSP de Corroios, no Seixal, estavam em patrulha quando, na madrugada de quinta-feira, foram alertados para o caso de uma mulher de 20 anos que, “visivelmente descompensada”, se ameaçava atirar da janela do 3º andar de um prédio, no Miratejo, levando ao colo a filha de 6 meses.

Os dois agentes viram a mulher debruçada na janela. “Gritava frases sem sentido, fora de si e ameaçando que se atiraria”, conta uma testemunha.

Os polícias tentaram iniciar um diálogo e acalmá-la, enquanto uma familiar lhes abria a porta da casa. Assim que os agentes entraram, viram a mulher já com uma perna de fora.

“Agiram rapidamente e conseguiram tirar o bebé do colo da jovem e evitar que esta se atirasse da janela”, conta a PSP.

“Não se encontrava com um discurso coerente” e foi levada para o hospital. A bebé ficou à guarda de familiares. O caso foi comunicado ao Ministério Público e à Comissão de Proteção de Crianças e Jovens.




Artigos relacionados