Foi feito um minuto de silêncio em homenagem ao piloto português.

Paulo Gonçalves, o piloto português segundo classificado na edição de 2015 e que competia no seu décimo terceiro Dakar, sofreu uma queda fatal durante a 7ª etapa.

O piloto estava inconsciente e em paragem cardiorrespiratória quando a equipa médica chegou ao local. Após uma tentativa de reanimação, foi transportado de helicóptero para o hospital, onde a sua morte foi declarada.

Foi o piloto australiano Toby Price, o detentor do título, que seguia atrás de Gonçalves e que o encontrou o motorista no chão, disse David Castera, proprietário do Dakar.

Nas fotos tiradas alguns momentos após o acidente, vemos o piloto deitado no chão no meio do deserto, com o seu motociclo a poucos metros de distância.

O português, campeão mundial de rally todo-o-terreno em 2013, estreou-se no famoso rally em 2006 e terminou quatro vezes no top 10.

A equipa Dakar já apresentou as condolências à família e amigos.

O português foi colega de Barreda da Honda nos últimos anos. Juntos conquistaram grandes resultados no Dakar, como um segundo lugar em 2015 atrás de Marc Coma.

DEIXE A SUA OPINIÃO