Mulher afirmou que se estava a sentir com muito calor dentro do avião.

Uma passageira abriu uma janela de emergência de um Boing 737 após se sentir com muito calor durante o desembarque. O caso aconteceu num voo da Ukraine International Airlines, da cidade turca de Antalya para Kiev, na Ucrânia.

Durante o momento de desembarque, uma passageira que estava “cheia de calor” decidiu abrir uma das janelas de emergência do avião. Com isso, acabou por sair da aeronave e andou pela asa, no entanto, não conseguiu descer para o chão, tendo acabado por entrar pouco tempo depois.

O momento foi gravado por passageiros que desembarcavam pela ponte de embarque, bem como por funcionários que se encontravam no solo.

A passageira disse aos filhos que estava muito quente e que queria abrir a janela para apanhar algum ar fresco, revelou uma outra passageira ao jornal britânico The Sun. Pelo contrário, os filhos da passageira, esperaram que todos saíssem e viram a sua mãe a andar pela asa do avião enquanto já estavam na ponte de embarque.

A companhia aérea registou o incidente e afirmou que a passageira agora está na sua lista negra e não poderá voar mais com eles.

“A passageira estava no voo PS6212 de Antalya para Kiev e abriu ilegalmente a janela de emergência após o avião parar no portão 11 do terminal D do Aeroporto Internacional de Kiev. Ela estava a viajar com o marido e duas crianças”, revelou um porta-voz da companhia.

O piloto do avião, após saber do fato, chamou a polícia e uma ambulância que, segundo a companhia aérea, não fizeram o atendimento adequado. Agora a empresa irá atrás da passageira para multa-lá com um valor alto, pela violação de segurança e falta de “exemplo parental”.

Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por ПРО БОРИСПІЛЬ • НОВИНИ • ПОДІЇ (@boryspilchany) a

DEIXE A SUA OPINIÃO