fbpx

Oficial da PSP encontrado em esquadra de Braga com tiro na cabeça

David Fernandes tinha acabado de prestar serviço enquanto oficial de dia. Encontra-se internado, estando em estado grave. Tudo indica que se tenha de tratado de uma tentativa de suicídio.

O Oficial de Dia da PSP de Braga, que estava de serviço nesta terça-feira, foi encontrado com um tiro na cabeça, no gabinete de trabalho ao princípio da manhã desta terça-feira. Admite-se como o mais provável que David Fernandes sobreviva, no entanto deverá ficar cego de uma das vistas.

A Brigada de Homicídios da Polícia Judiciária de Braga esteve Hospital de Braga para investigar as circunstâncias em que o tiro foi disparado, tudo indicando de momento que se trate de uma tentativa de suicídio, por parte do comissário David Fernandes, de Braga.

Uma equipa de psicólogos do INEM, da Delegação Regional do Norte, deslocou-se ao Hospital de Braga e prestou assistência médica aos familiares daquele oficial de carreira da Polícia de Segurança Pública, natural e residente em Figueiredo, no concelho de Braga.

Vários camaradas de David revelaram que o mesmo “ultimamente andava bastante triste por questões profissionais”.

David Humberto Gomes Fernandes, com 57 anos de idade, casado, natural e residente em Braga, segundo tudo o indica, terá tentado suicidar-se, mas a Brigada de Homicídios da Polícia Judiciária de Braga está a investigar as causas que determinaram o disparo da arma de serviço distribuída a este oficial, “Glock 19”, de nove milímetros, um calibre de guerra.




Artigos relacionados