fbpx

Obesa mórbida fica irreconhecível após perder 270kg em 3 anos e reaprender a andar

Ao longo de três longos anos, Milla Shawn Clark não saiu da sua cama. “Vivia presa entre quatro paredes”, como ela mesmo afirma, a norte-americana dependia dos filhos para fazer a sua higiene pessoal, uma vez que os seus 340 kg a impediam de levantar e fazer as coisas por conta própria.

Antes de perder 270kg, Milla Clark, hoje com 51 anos, consultou o cirurgião Younan Nowzaradan, especialista em perda de peso, e participou no programa “My 600-lb Life”, reality show da TLC – que mostra a luta de pessoas contra a obesidade mórbida .

Usando o método de Nowzaradan, Milla perdeu primeiro 50 kg, mas foi nesta semana que a sua espetacular transformação ganhou um novo episódio, literalmente.

O programa “My 600-Lb. Life: Where Are They Now”, que revisita personagens, revisitou Milla e mostrou que, três anos e cinco cirurgias após a sua primeira consulta, ela perdeu uns impressionantes 270 kg, o que a torna a paciente mais bem-sucedida do reality.

O episódio, que foi para o ar na última quarta-feira, nos EUA, mostrou Milla a comemorar o seu 51° aniversário e revelou que a americana está a aproveitar a “nova vida” com os filhos, levando-os a andar de caiaque e até mesmo para um encontro amoroso (ela é viúva).

“É algo muito humilhante”

Ao programa “Quilos Mortais”, Milla conta que a única forma da sua mãe e da sua irmã conseguirem demonstrar amor a ela era dando-lhe comida. Na época, no entanto, ela não associava a alimentação errada ao seu ganho de peso.

Após se ter formado na universidade, ela conheceu o marido Elroy, e acabou por se casar com ele:

“Eu estava tão apaixonada por Elroy que esqueci que era gorda por um minuto”. Os dois tiveram um filho, mas o peso de Milla fez com que uma nova gestação fosse muito arriscada – os outros quatro tiveram que ser adotados.

Já durante a luta contra a obesidade mórbida e um linfedema na perna, a americana foi, aos poucos, não conseguindo mais andar por conta própria, acabando presa à própria cama.

“É algo muito humilhante. Crianças dessa idade não deveriam tomar conta dos pais”, lamentou a mulher sobre os filhos darem-lhe banho para que ela não desenvolvesse uma infecção.

Milla perdeu primeiro 50 kg por conta própria, mudando os hábitos alimentares. Foi aí, que o médico removeu o linfedema. Então, uma vez que Milla já podia ficar sozinha, tudo começou a ser mais fácil.

A mãe permaneceu focada no seu objetivo enquanto gravava o programa de TV sobre isso.

Acabou por enfrentar um momento muito doloroso quando o seu marido Elroy morreu de um ataque cardíaco dois meses após o início das filmagens. Ela ficou inconsolável e não queria sair da cama, mas os filhos deram-lhe a motivação para continuar a sua jornada de perda de peso dramática.

Hoje, Milla pesa 70 quilos! É verdadeiramente uma história que inspirará muitos a não desistir dos seus objetivos!




Artigos relacionados