O resultado de uma fábrica de sumos que deitou as cascas de laranja para uma zona desflorestada durante 16 anos

Há vários anos atrás na Costa Rica, alguns ecologistas tiveram uma ideia genial para ajudar o meio ambiente com o desperdício de uma empresa dedicada a fazer sumos, no entanto, eles nunca sonharam que essa ideia teria resultados tão evidentes.

Daniel Janzen e Winnie Hallwachs são os nomes dos dois ecologistas desta magnífica ideia, eles propuseram um projeto à empresa que consistia na empresa dar-lhes a casca de laranja e resíduos de celulose, bem como um pequeno terreno da empresa para poder espalhar por lá .

A empresa aceitou em ceder-lhes o terreno para depositar o lixo orgânico. E assim, em 1997, este projeto começou. A terra era um lugar desmatado e limpo.

Um ano após o início do projeto, mais de 12 mil toneladas de resíduos chegaram ao local.

Quando a terra estava cheia de lixo, ela foi abandonada por mais de uma década. Para que pudessem localizar o local, colocaram um sinal amarelo para não perderem a localização.

Quando decidiram voltar ao local, encontrar a placa que eles deixaram era quase impossível, porque o terreno estava totalmente diferente comparado a 16 anos atrás.

Após horas à procura, ficaram perplexos quando souberam que tinham estado à procura do sinal no local onde tinham deixado os próprios resíduos.

A comparação foi como o dia e noite; o que era um lugar cheio de cascas de laranja, tinha-se tornado um lugar com vegetação incrível e um solo muito fértil.

A diferença entre a terra com o lixo orgânico para a terra do lado, era tremenda. Na terreno ao lado, só existia uma espécie de árvore.

“A vegetação no lugar era incrível, podia observar-se um solo mais saudável, árvores enormes e fortes, assim como espécies diferentes e tudo graças ao desperdício que todos pensavam ser inútil, mas mais de uma década depois, os resultados foram inacreditáveis”, diz Janzen.

Esta espécie de floresta que cresceu, surpreendeu a todos com a novidade de poder absorver da atmosfera 11 vezes mais do que absorve uma floresta “normal”. Sem querer, descobriu-se que essa era uma maneira incrível de combater o aquecimento global.

Normalmente, a maioria dos países despeja lixo das laranjas em aterros, mas se o exemplo anterior fosse seguido, poderíamos ajudar o mundo a combater o aquecimento global de uma forma muito mais significativa.

Usar corretamente o desperdício desta fruta, pode ser uma ótima iniciativa para salvar o meio ambiente.




Artigos relacionados