Noiva grávida de seis meses perde a vida a caminho do casamento. Bebé sobrevive

Jéssica Victor Guedes, enfermeira de 30 anos, estava grávida de seis meses e começou-se a sentir mal dentro da limousine a caminho da igreja onde se ia casar.

A noiva de 30 anos estava grávida de seis meses quando a caminho do seu próprio casamento, no passado sábado, dia 14, acabou por se sentir mal. Ainda foi socorrida pelo noivo, Flávio Gonçalves, um tenente da Polícia Militar, de 31 anos, à porta da igreja em São Paulo, no Brasil, mas acabou por não resistir.

Quando se preparava para subir ao altar voltou-se a sentir mal, mas a família achou que se tratava de ansiedade por causa do casamento. O noivo já estava à espera de Jéssica e achou estranho a sua demora. Flávio, foi ver o que estava a acontecer quando encontrou a noiva desmaiada à porta da igreja. Ele, juntamente com um bombeiro, foram os primeiros a socorrer Jéssica, antes da ajuda chegar.

A mulher ainda foi levada para o hospital onde foi realizado um parto de emergência para salvar a vida da pequena Sophia. A bebé nasceu prematura com apenas 1kg e 34 centímetros, mas a mãe acabou por ter um AVC e entrar em morte cerebral e faleceu no domingo, como conta a imprensa brasileira.

Sophia deverá ficar internada pelo menos dois meses no hospital e de forma a ajudar com as despesas médicas os amigos do noivo organizaram uma angariação de fundos. O objetivo eram 100 mil reais (cerca de 22 mil euros) e as doações já atingiram para já 96 mil e 800 reais.




Artigos relacionados