fbpx

Mulher perde a vida após tomar suplemento alimentar para perder peso

Uma mulher perdeu a vida já no Hospital Don Benito-Villanueva, em Badajoz, depois de entrar em coma devido a uma intoxicação aguda que foi causada por ácido alfa-lipoico, um composto presente num suplemento alimentar para usado para emagrecer.

Segundo adianta o jornal El Mundo, a mulher, enfermeira de 28 anos, morreu um dia depois de dar entrada naquela unidade hospitalar, a 19 de julho, após entrar em morte cerebral devido a uma falência dos órgãos vitais. O relatório médico aponta como causa uma intoxicação aguda por ácido alfa-lipoico – informação que será apenas confirmada pela autópsia.

O jornal El Español escreve que a mulher tomou uma dose excessiva do produto, informação que fontes das autoridades camarárias da Extrematura, citadas pelo El Mundo, também confirmam.

O produto tinha sido adquirido na Internet, prática comum, uma vez que estes suplementos alimentares são de venda livre. Contudo, os mesmos devem apenas ser tomados mediante recomendação médica.

Recorde-se que este não é o primeiro caso deste género. Jim McCants decidiu aos 50 anos começar a tomar um suplemento de chá verde para fortalecer o sistema cardiovascular.

Três meses depois, o fígado do norte-americano entrou em falência. Jim só não perdeu a vida graças a um transplante hepático.




Artigos relacionados