fbpx

Mulher com cancro era agredida pelo companheiro há mais de 15 anos, em Gondomar

Terão sido os vizinhos da vítima a alertar a Guarda Nacional Republicana, em Gondomar, pela meia noite deste sábado. O alerta dava conta de um homem que se encontrava a espancar a mulher, que é doente oncológica.

Ao chegar ao local, os agentes da autoridade depararam-se com a porta aberta e detiveram o agressor em flagrante, um homem desempregado de 50 anos.

A mulher revelou que já era vítima de violência doméstica há 15 anos, e desde 2009 tinha apresentado quatro queixas contra o seu marido.

O homem, que foi detido pela Guarda Nacional Republicana, apresentava uma taxa de 2,0 g/l.

A mulher, também com 50 anos, era frequentemente vítima de violência física e psicológica por parte do companheiro, que se mostrava indiferente para com a doença da sua mulher, e com o facto de que a vinha a deixar mais frágil nos últimos anos.

O agressor passou a noite detido no posto, e durante a manhã deste domingo foi levado para o juiz de instrução criminal, onde foi ouvido em primeiro interrogatório judicial, e ficou obrigado a deixar a casa onde vivia com a esposa.

Ficou também proibido de se aproximar da habitação e foi-lhe colocada uma pulseira eletrónica.




Artigos relacionados