fbpx

Morreu mulher que estava em estado grave após despiste que matou menino de 10 meses

Acabou por falecer, durante a madrugada no Hospital Padre Américo, a avó do bebé de 10 meses que morreu ontem, dia 9, na sequência de um despiste automóvel na EN108, em Penafiel.

Fernanda Carvalho, a terceira vítima mortal deste acidente rodoviário, de 48 anos, sofreu uma paragem cardiorespiratória aquando do despiste, tendo sido ainda reanimada no local. Foi transportada para o Hospital Padre Américo em Penafiel, mas acabou por não resistir e perder a vida durante a madrugada desta quarta-feira.

Na mesma viatura seguiam ainda Jéssica e Rute, duas filhas de Fernanda, de 12 e 20 anos, que sofreram apenas ferimentos ligeiros e se encontram livres de perigo de vida. Ambas tiveram alta hospitalar por volta das 9 horas desta quarta-feira.

O despiste do veículo deu-se pelas 12h00. O carro despistou-se numa curva e bateu contra um meco na estrada. A viatura acabaria por cair numa ribanceira com cerca de 50 metros de altura, ficando submersa numa lagoa.

Além das duas vítimas mortais registadas no local, o acidente tinha feito ainda três feridos. Um deles, Fernanda Carvalho, de 48 anos, que morreu esta quarta-feira.

O bebé, Dinis Medeiros, de 10 meses, era transportado numa cadeira de segurança. Durante a queda, de cerca de 50 metros, foi projetado do equipamento, mas acabou por ficar preso dentro da viatura. Por ter ficado submerso durante vários minutos, no interior do veículo, acabou por entrar em paragem cardiorrespiratória.




Artigos relacionados