Pelo menos um dos militares da GNR que esteve envolvido numa colisão entre um automóvel e um carro-patrulha, na manhã desta terça-feira, na A1, sentido Norte-Sul, entre o nó de Torres Novas e a área de serviço de Santarém, perdeu a vida.

O acidente aconteceu ao quilómetro 85 da autoestrada, pelas 11h36, quando a GNR “estaria a sinalizar o local”.

Os dois militares, destacados para acompanhar uma operação de limpeza das bermas da via, estavam dentro do carro patrulha quando um ligeiro de passageiros colidiu com grande violência na traseira da viatura da GNR.

Os elementos da GNR ficaram encarcerados e inconscientes, já os três ocupantes da viatura que provocou o embate sofreram apenas ferimentos ligeiros.

De acordo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém, as operações de socorro envolveram 32 operacionais, apoiados por 13 viaturas, incluindo a VMER de Santarém e a SIV de Torres Novas.

O trânsito na zona, no sentido Norte – Sul, fez-se apenas pela faixa de emergência até cerca das 14 horas, após o final das operações de socorro e limpeza da via.