Luca Calanni tinha a vacina contra a gripe.

Um rapaz de 11 anos de Nova York morreu após um grave ataque de gripe que resultou numa paragem cardíaca.

Luca Calanni, de Hamburgo, contraiu o vírus na semana passada e sua mãe, Ashley, levou-o ao consultório do pediatra três dias seguidos para tratamento. Na quarta-feira, depois de não ver sinais de melhoria, a mãe levou-o ao Hospital Infantil John R. Oishei, em Buffalo, para receber líquidos, informou a WTKR.

Foi lá que Luca foi internado no hospital e diagnosticado com choque séptico (infeção generalizada). A sua saúde piorou rapidamente e o vírus chegou ao coração, tendo sofrido uma paragem cardíaca, falecendo no sábado.

A família diz que Luca tinha sido vacinado, contudo um especialista em gripe do National Institutes of Health diz que a vacina deste ano é uma combinação imperfeita para a cepa B, responsável pela maioria das doenças graves e pela morte de crianças.

Luca torna-se assim na segunda criança nova-iorquina a morrer devido à gripe este ano.

DEIXE A SUA OPINIÃO