fbpx

Menina de três semanas perde a vida após os pais a colocarem a dormir entre eles

Uma bebé de apenas três semanas não sobreviveu depois de ter sido colocada a dormir entre os pais, que acabaram por adormecer também com ela no meio.

A mãe da bebé, Lydia-Louise Coomer acordou pelas sete da manhã e encontrou a filha deitada ao seu lado direito, pressionada com a cabeça nas costas do pai.

O casal chamou de imediato uma ambulância para o seu apartamento, no Reino Unido, e a menina foi levada para o hospital, onde acabou por ser declarado o óbito pouco depois.

O pai, Tom Coomer, disse na investigação que deu de comer à filha às três e meia da manhã, antes de a deitar junto à mãe, afirma o jornal britânico Stoke-on-Trent Live.

E acrescenta que a última coisa que Tom se lembra foi de receber uma notificação no seu telemóvel por volta das quatro e meia da manhã, antes de adormecer.

O patologista, Dr. Roger Malcomson, que conduziu a autópsia de Lydia, concluiu que não há evidências suficientes para afirmar que a bebé perdeu a vida por asfixia.

No entanto, o médico destacou os riscos associados aos recém nascidos dormirem com os pais na mesma cama, e deu a causa de morte como não confirmada.

Falando no inquérito, ele referiu: “Um bebé recém-nascido na mesma cama com os pais não é um ambiente seguro para dormir.”




Artigos relacionados