Freya Thorpe tinha apenas 4 anos.

Uma menina de quatro anos perdeu a vida depois do capacete ter ficado preso num galho.

A menina, Freya Thorpe, “terá escorregado” ao subir uma árvore depois de deixar a bicicleta de lado enquanto brincava com um amigo em Upper Heyford, Bicester, no Reino Unido.

Foi revelado que ela ficou suspensa num ramo com a correia do capacete “apertada contra a garganta”. O legista Darren Salter decidiu que a sua morte, a 8 de setembro do ano passado, foi um acidente.

O seu pai, Christopher Thorpe, disse à Oxford Coroner’s Court que as vidas da família ficaram “totalmente destruídas” pela morte de sua filha. Disse ainda que ele e sua esposa a amavam “mais que a própria vida”.

Elisabeth McCall, passeava com o seu filho quando encontrou Freya pendurada na árvore e ligou às autoridades, sem conseguir retirar a criança do ramo.

A criança de quatro anos morreu no Hospital John Radcliffe dois dias depois devido às lesões cerebrais que sofreu.

DEIXE A SUA OPINIÃO