fbpx

Menina de 10 anos que procurava transplante de medula acabou por falecer no hospital

A triste notícia chegou, a menina que procurava transplante de medula faleceu no hospital.

No passado dia 9 de julho, a Cruz Vermelha de Langreo, em Espanha, fez um apelo desesperado nas redes sociais para encontrar um dador de medula óssea para a pequena Naira, uma menina de dez anos sofria de leucemia, uma doença da que tinha sido diagnosticada apenas algumas semanas antes, como conta a imprensa espanhola.

Rosa Rodero foi encarregada de dar a triste notícia através das redes sociais:

“Voa minha menina. Eu nunca vou deixar-te partir. Hoje és livre, não há dor. Salta, corre, nada… que ninguém te impede. Nós amamos-te…”, escreveu como forma de desabafo nas redes sociais.

A pequena Naira, natural de Cieño (Astúrias), nasceu com anemia hemolítica auto-imune.

Isso fez com que sua família se acostumasse a visitas hospitalares regulares. No entanto, a situação piorou no início de julho, quando os médicos diagnosticaram leucemia e a sua sobrevivência tornou-se dependente de encontrar um dador no espaço de um mês.




Artigos relacionados