Segundo revela a imprensa internacional, Donald Trump poderá não só perder as presidência dos Estados Unidos, mas também a sua mulher, Melania Trump.

O Daily Mail recordou como a primeira-dama dos Estados Unidos não conseguiu conter as lágrimas após saber que teria de se manter no relacionamento por mais 4 anos, após Donald Trump vencer as eleições em 2016.

Contudo, agora que a presidência irá passar para Joe Biden, estará decidida em pedir o divórcio, avança a antiga assessora Omarosa Manigault Newman.

“A Melania está a contar os minutos até ele deixar o cargo para que se possa divorciar”, notou. “Se tentasse levar em frente a derradeira humilhação de sair enquanto ele estava a exercer, acabaria por ser punida”, acrescentou.

A mesma publicação adianta igualmente que a mulher de Trump já estará a pensar nos pormenores em que o divórcio irá acontecer. Isto, sabendo que teria de respeitar as condições impostas no acordo pré-nupcial.

A falta de cumplicidade entre o casal já é visível há muito tempo durante os compromissos públicos, nos quais Melania se recusava a dar a mão ao marido ou a mostrar algum tipo de afeto.