As condições de contrato na SIC são piores do que se sabia. Maya revelou agora que Cláudio Ramos, o novo apresentador do Big Brother 2020, trabalhava dia e noite sem sequer ter um contrato.

Ao lado de Pedro Capitão, ex-concorrente da ‘Casa dos Segredos’, Maya começou por dizer que “Ela (Cristina Ferreira) fez o mesmo”. Para a comentadora “Cristina [Ferreira] pode estar zangada com a direção da SIC que não salvaguardou o Cláudio Ramos.”

“Concordo com a decisão do Cláudio por vários motivos. Esteve 18 anos na SIC, deu muito à estação. Muito mais durante este último ano. Saia de lá há 1 da manha e tinha de lá estar no outro dia de manhã (…) O que era justo era a SIC ter dado um contrato de exclusividade ao Cláudio” explicou.

“O Cláudio tem 46 anos e não tinha um contrato. Ele não tinha direito a subsídio de férias, não tinha direito a baixas, não tinha direito a nada. Há uma série de pessoas na SIC que têm contrato com a estação e ele não tinha, era pago pelas produtoras. Por isso ele ontem pôde sair. Ele tem 46 anos e uma filha para criar” rematou a apresentadora da CMTV.

DEIXE A SUA OPINIÃO