Uma mulher brasileira foi detida após matar o seu próprio filho, um jovem de 21 anos, em Mutunópolis, no Brasil.

Segundo a investigação conseguiu apurar, Lucivânia Lopes matou o filho com uma facada no peito, em Mutunópolis, Goiás, após o filho entrar numa discussão por ter descoberto que a mãe mantinha uma relação secreta com um jovem de 22 anos.

Lucivânia Lopes confessou o crime, contudo disse que agiu em legítima defesa para proteger a si e o companheiro, de 22 anos, padrasto da vítima, durante uma discussão.

O crime aconteceu na noite de sexta-feira, 16 de outubro. Segundo o inspetor André Medeiros, responsável pelo caso, o rapaz foi ferido durante uma discussão, cuja motivação ainda é desconhecida.

José Carlos chegou a ser socorrido por outras pessoas e levado a um centro hospitalar de Mutunópolis. Devido à gravidade das lesões, ele foi transferido para a Unidade de Pronto Atendimento de Porangatu, a 47 quilómetros de distância, mas acabou por não resistir aos ferimentos e morreu na madrugada de sábado.

O jovem morava com a avó e segundo testemunhas, ele não se dava bem com a mãe e não aceitava o relacionamento atual dela.

O jovem de 22 anos, amante da Lucivânia, e cuja identidade não foi revelada, fugiu após o crime e está a ser procurado pelas autoridades. A arma do crime também ainda não foi encontrada.

A mulher deverá responder pelo crime de homicídio qualificado, por motivo fútil. Caso venha a ser condenada, pode enfrentar uma pena de até 30 anos de prisão.