Katia Aveiro está a causar polémica nas redes sociais ao desvalorizar a Covid-19, defendendo que o vírus que contagiou o irmão é uma “fraude”.

Nas redes sociais a irmã do internacional português de 35 anos partilhou a sua opinião sobre o vírus:

“Se tem que ser Cristiano Ronaldo a fazer acordar o Mundo, tenho que dizer que este português é mesmo um enviado de Deus. Obrigada! Acredito que hoje uns bons milhares vão passar a acreditar tanto nesta pandemia, nos testes e nas medidas tomadas como eu… Maior fraude a que assisti desde que nasci”, começou por escrever numa ‘story’ partilhada na sua conta do Instagram.

“Uma frase que li hoje e que aplaudi de pé: ‘Chega de fazer o mundo de fantoche’. Alguém que abra os olhos, por favor”, avançou ainda.

Recorde-se que o capitão da seleção portuguesa de futebol testou positivo num teste realizado ontem, ficando assim afastado do encontro de Portugal com a Suécia, a contar para o grupo 3 da Liga das Nações.