Cláudio Saraiva e Marco Ventura.

Jovens deslocavam-se a caminho de um rio perto do local.

Dois jovens de 19 anos perderam a vida durante a tarde desta sexta-feira, na sequência de uma colisão entre o carro em que seguiam e uma árvore. O veículo ter-se-á despistado numa curva onde já aconteceram outros acidentes e colidido contra uma árvore, na variante de Fornos de Algodres, Guarda.

As duas vítimas ficaram encarceradas dentro da viatura e encontravam-se em paragem cardiorrespiratória à chegada dos bombeiros. O alerta para o ocorrência foi dado pelas 16h15 e os óbitos foram declarados no local pelas equipas de socorro.

Cláudio Saraiva, uma das vítimas mortais, era estudante na Universidade da Beira Interior (UBI) do curso de Biotecnologia. Nas redes sociais, a Associação Académica da Universidade da Beira Interior (AAUBI) lamentou o falecimento precoce do jovem e deixou uma nota de pesar.

“Foi com o mais profundo sentimento de pesar que a AAUBI recebeu a notícia da perda de um aluno desta academia, Cláudio Saraiva, do curso de Biotecnologia”, começa por escrever a associação.

“AAUBI vem por este meio expressar a sua tristeza pelo falecimento, e apresenta assim as maiores condolências à família e amigos. Os nossos sinceros pêsames, em nome da Associação Académica da Universidade da Beira Interior”, termina.

A outra vítima, Marco Ventura, era futebolista na Associação Desportiva de Fornos de Algodres. Também esta associação, da qual o jovem fez parte, endereçou as sentidas condolências à família e amigos do atleta.

“A Associação Desportiva de Fornos de Algodres gostaria de lamentar a perda prematura deste Jovem, deste menino, que tantas e tantas vezes nos deu alegrias”, pode ler-se.

“Só nos resta, nesta hora difícil para todos, mas principalmente para os Pais, desejar toda a força do mundo para ultrapassar esta tragédia.”

DEIXE A SUA OPINIÃO