Autoridades britânicas investigam a morte misteriosa do português.

O jovem, natural da Calheta, na ilha da Madeira, foi encontrado sem vida próximo da sua habitação em Londres, no Reino Unido.

Terá sido a irmã que vivia com ele a encontrá-lo, a cerca de cinco minutos de distância da sua casa, prostrado no chão, inanimado e com o crânio fraturado.

Até ao momento as autoridades ainda não conseguiram identificar as circunstâncias que levaram à morte do jovem, contudo, continuam a investigar e não descartam a possibilidade de que tenha acontecido um crime.

A morte do jovem levou uma colega de trabalho Minty Zeyya a iniciar uma campanha para financiar a transladação do corpo para a Madeira, onde será sepultado. Em duas horas já tinha conseguido angariar 66% do valor necessário.

Caso tenha interesse em apoiar a campanha, pode acedê-la através deste link, sendo que até ao momento já foram angariadas 4.362 libras das 5 mil necessárias.

DEIXE A SUA OPINIÃO