Jovem militar circulava de mota na A33 quando foi surpreendido por um carro parado naquela via.

Bruno Curato, perdeu a vida durante a tarde desta terça-feira, no dia em que completava 24 anos, na sequência de um acidente de mota na A33.

O militar do posto do Montijo colidiu violentamente contra um carro que se encontrava parado na A33, junto à Moita, devido a um outro acidente que tinha ocorrido pouco tempo antes que vitimou outro motociclista, de 35 anos.

Poucos minutos depois da meia-noite, Bruno Curato passou no local do acidente de mota e não se terá apercebido do corte de trânsito causado pelo acidente anterior. Foi surpreendido por um carro parado na faixa de rodagem e acabou por colidir violentamente contra o mesmo.

A colisão seguida de projeção provou ferimentos muito graves ao militar que imediatamente foi assistido pelos operacionais de socorro que já se encontravam no local, junto ao quilómetro 26, no sentido Moita-Montijo.

O jovem GNR sofreu uma paragem cardiorrespiratória e foi de imediato transportado para o Hospital do Barreiro, sendo posteriormente transferido para o Hospital Garcia de Orta, em Almada. Acabou por morrer durante a tarde desta terça-feira.

Nas redes sociais multiplicam-se as mensagens de pesar a Bruno Curato, ex-paraquedista e atualmente militar da GNR no posto de Montijo.

DEIXE A SUA OPINIÃO