fbpx

Jovem de 29 anos finge ter cancro e consegue 14 mil euros para realizar casamento de sonho

Carla Evans, de 29 anos, fingiu ter cancro para angariar dinheiro e conseguir organizar o casamento com que sempre sonhou.

A mulher dirigiu-se à instituição Wish For a Wedding, que financia casamentos a pessoas com doenças terminais, afirmando que sofria de cancro na bexiga, na tiróide, de insuficiência renal e que só tinha seis meses de vida para realizar a cerimónia dos seus sonhos.

A Wish For a Wedding doou 14 mil euros para o casamento de Carla. A noiva acabou mesmo por falsificar a assinatura do médico Adam Carter, do Hospital Royal Gwent, em Newport, num relatório onde dizia que o fígado já estava num estado muito avançado.

Carla publicou ainda nas redes sociais um texto onde afirmava estar a morrer. “Disseram-me recentemente que estou com uma doença termina e por isso tive de providenciar o casamento a curto prazo. Será a 15 de fevereiro”, pode ler-se.

Quando Carla soube de histórias de pessoas que enganavam a instituição de caridade mostrou total repúdio: “Isso é nojento. Deixa-me com raiva que as pessoas possam enganar assim alguém quando eu e o meu marido trabalhamos no duro a vida toda”.

Evan acabou por revelar algumas incongruências durante todo o discurso fazendo com que a Wish For a Wedding alertasse as autoridades.

Mais tarde, a 9 de novembro de 2018, foi considerada culpada por fraude. Acabou por ficar com pena suspensa de 15 meses e obrigada a 120 horas de serviço comunitário com uma multa de 315 euros.




Artigos relacionados