Jovem empregado de mesa morto a tiro por demorar muito a trazer sandes

Um homem de 28 anos, empregado de mesa num restaurante em Noisy-le-Grand, nos arredores de Paris, França, foi morto a tiro por um cliente que ficou farto de esperar pela sanduíche que tinha pedido. 

O crime aconteceu a 15km do centro de Paris em Noisy-le-Grand, um subúrbio que fica cerca de 15 quilómetros a este do centro de Paris.

A zona do crime tem registado um aumento nas taxas de criminalidade e de casos de embriaguez pública e tráfico de drogas.

A France Info, revela que o crime aconteceu no restaurante Le Mistral na noite de sexta-feira. Testemunhas garantem que o espaço, que abriu há poucos meses, é “tranquilo”, ainda que os locais admitam um aumento do tráfico de droga e de delinquência na zona. 

O homem que pediu uma sanduíche, terá ficado impaciente, e disparou uma arma contra o ombro do empregado de mesa, fugindo logo de seguida do local.

A polícia e equipas de emergência médicas foram chamadas ao local, mas não foi possível reanimar o jovem, que tinha 28 anos.

As autoridades estão a procurar “ativamente” o autor do homicídio, diz ainda o jornal.




Artigos relacionados