Um jovem australiano luta pela vida num hospital em Melbourne, depois de sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) enquanto fazia exercícios físicos em casa.

O jovem de Melbourne, fazia flexões a 27 de maio – uma semana antes do seu aniversário – quando sentiu uma forte dor na cabeça deixando-o aos gritos devido à dor.

Samuel O’Sullivan, foi submetido a uma cirurgia no cérebro, quando os médicos descobriram que ele tinha uma condição neurológica rara desde o nascimento.

No Hospital Monash, cirurgiões especializados realizaram duas cirurgias para controlar a hemorragia e a pressão no cérebro do jovem. Foi então que descobriram que Samuel tem malformação arteriovenosa (MAV), que são vasos sanguíneos emaranhados e que conectam artérias e veias no cérebro, uma condição que ele tem desde o nascimento.

Os familiares tentam agora angariar fundos, para ajudar Sammuel que já passou por uma segunda cirurgia para resolver a condição cerebral que tinha desde que nasceu, visto que esta poderia voltar a romper.

Durante três semanas foi mantido vivo através de máquinas. Agora já respira sozinho, mas vai precisar de terapia ocupacional, de fala, e fisioterapia. Com a visão turva e incapaz de falar, o jovem comunica apenas com “sim” ou “não” apertando as mãos de um membro da família apenas com os dedos direitos.

DEIXE A SUA OPINIÃO