Um jovem de 16 anos afogou-se por volta das cinco da tarde de segunda-feira, quando foi sugado por um cano que o submergiu debaixo de água, depois do grupo de amigos ter acedido à zona onde está instalada a maquinaria que controla os jatos de água, num parque em Móstoles, Espanha..

O grupo de estava a tomar banho na fonte do parque Finca Liana nesta cidade, que tem cerca de 30 centímetros de profundidade. Os jovens acabaram por aceder a uma área de máquinas que estava protegida por uma chapa de metal.

Para entrar nessa área, foi preciso passar por um tipo de túnel profundo e, uma vez dentro, um dos tubos que regulam o circuito sugou o adolescente, deixando-o submerso na água.

Os amigos, que ficaram em pânico, tentaram resgatá-lo, mas, quando falharam, ligaram para o 112. Os bombeiros da Câmara Municipal de Móstoles chegaram à área e só depois de 50 minutos conseguiram libertar o jovem.

Os socorristas ainda realizaram manobras avançadas de reanimação por mais de 30 minutos, mas foi impossível reverter a paragem cardiorrespiratória em que o jovem se encontrava. Uma psicóloga da SUMMA teve que atender a mãe devido a uma grave crise de ansiedade quando ouviu a notícia da morte do filho.

A Câmara Municipal de Móstoles lamentou a morte do menor. “As nossas condolências à sua família e amigos” escreveu a Câmara nas redes sociais.

DEIXE A SUA OPINIÃO