Jovem cantora morre no palco devido a explosão causada por falha pirotécnica

Joana não resistiu aos ferimentos causados pelo incidente e perdeu a vida já na unidade hospitalar para a qual foi transportada.

A cantora e bailarina Joana Sainz Garcia, que pertencia à banda espanhola Super Hollywood Orchestra, perdeu a vida este domingo, no dia 1 de setembro, quando atuava no festival de música de Las Berlanas, município espanhol perto de Madrid, em Espanha.

Joana Sainz, de 30 anos, membro do grupo “Orquesta Super Hollywood”, atuava no encerramento das festa de Las Berlanas, nos arredores de Ávila, quando uma falha técnica na pirotecnia do espetáculo fez com que fosse atingida na zona do estômago.

Ouviu-se uma grande explosão no lado direito do cenário montado para a atuação da banda e Joana caiu inanimada no chão.

Os primeiros socorros foram prestados por um médico que se encontrava entre o público, até que os serviços de emergência chegaram e transportaram a vítima para o hospital, onde acabou por perder a vida.




Artigos relacionados