O socialite de 56 anos foi levado para a esquadra da PSP do aeroporto.

José Castelo Branco foi acusado de estar a furtar um perfume numa loja no Aeroporto Humberto Delgado, situado em Lisboa. O mesmo acabou por ser surpreendido pelas autoridades policiais que se encontravam no local e foi impedido de embarcar no voo com destino a Nova Iorque.

Após o episódio, José Castelo Branco usou as suas redes sociais para comentar a polémica, afirmando que as acusações das quais foi alvo não correspondem à realidade.

“Estou aqui parado no aeroporto porque a menina onde eu ia pôr perfume da Dior foi chamar a segurança para ficar famosa. A pindérico disse que eu estava a roubar. Agora estou aqui. Imagina a passar por ladra”, afirmou José.

Veja o vídeo em que o mesmo se defende das acusações:

Esta não é a primeira vez que Castelo Branco enfrenta problemas com a Justiça. Foi acusado de agressão pelo socialite Daniel Martins de agressão durante uma gala dos Globos de Ouro.