Segundo as notícias que têm vindo de Itália, Ronaldo não pretende deixar a terra natal tão cedo.

Cristiano Ronaldo, que chegou dia 9 de março à Madeira, ainda não deixou a ilha desde então, e não o pretende fazer até se sentir totalmente seguro.

Segundo adianta o diário Corriere dello Sport, uma das últimas conversas entre Cristiano e a direção da Juventus, aponta para o exemplo do argentino Paulo Dybala, que tem apresentado novamente testes positivos à Covid-19, após o primeiro diagnóstico a 21 de março.

No jornal, pode ler-se que “Ronaldo acredita que está bem onde está e não tem intenção de voltar pelo menos por enquanto”, e salienta a vontade do jogador regressar a Itália apenas quando estiverem reunidas as condições de segurança total.

Relembre-se que o governo italiano anunciou no domingo que os clubes da Serie A estão autorizados a recomeçar os treinos individuais a partir de 4 de maio, sempre respeitando as conhecidas medidas de distanciamento social. Os treinos em grupos maiores só estão autorizados a partir de dia 18 do próximo mês.

DEIXE A SUA OPINIÃO