fbpx

Incêndios em Sertã, Vila de Rei e Mação já provocaram 20 feridos

No incêndio de grandes dimensões que deflagra em Vila de Rei estão 822 operacionais dos bombeiros a combater as chamas, acompanhados por 251 meios terrestres e 13 meios aéreos.

Os fogos em Sertã, Vila de Rei e Mação já provocaram 20 feridos, dos quais oito são bombeiros e 12 são civis. Um dos civis encontra-se gravemente ferido e foi internado de emergência no Hospital de São José, em Lisboa, com um prognóstico reservado, de acordo com o Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

O presidente da República visitou o civil que se encontra no Hospital de São José e afirmou que a situação está sob controlo.

Marcelo Rebelo de Sousa, em declarações à imprensa, revelou que este ferido, que se encontra em estado grave, “estava a ser submetido a exames clínicos e a ser muito bem acompanhado”.

Em Vila de Rei, o incêndio que está mais difícil de controlar, estão 822 operacionais dos bombeiros no teatro de operações, acompanhados por 251 meios terrestres e 13 meios aéreos, de acordo com a informação revelada pela página oficial da Proteção Civil.

Hoje, os operacionais dos bombeiros estão preparados para um dia bastante complicado, com temperaturas elevadas e com o vento a intensificar-se.




Artigos relacionados