Veterano do Exército dos EUA desvalorizou a pandemia de coronavírus e recusou-se a usar a “porcaria de uma máscara”.

Richard Rose, de 37 anos, faleceu no dia 4 de julho, três dias depois de ter sido diagnosticado com o novo coronavírus, em Port Clinton, Ohio. Quando o homem soube que estava infetado com vírus, desvalorizou a doença e fez várias publicações nas redes sociais.

“Vou deixar isto bem claro. Não vou comprar a porcaria de uma máscara. Não vou ceder a este sensacionalismo maldito”, escreveu o veterano a 28 de abril.

Richard Rose fazia várias publicações onde revelava que saía várias vezes, no momento em que era aconselhado às pessoas para permanecerem nas suas casas.

Apesar de toda a desvalorização da doença, as palavras de Richard foram mudando com o avançar da doença. Dois dias antes de falecer, o homem revelou mesmo que se sentia bastante mal. “Isto da covid é uma porcaria. Estou sem fôlego só de estar sentado”, escreveu.

As publicações feitas pelo homem nas redes sociais têm sido amplamente partilhadas de forma sensibilizar as pessoas que desvalorizam o novo coronavírus e para que sigam as recomendações das autoridades de saúde.

DEIXE A SUA OPINIÃO