Joel Gaspar passava a rua numa passadeira para levar o neto à escola, quando foi surpreendido por um carro que o atropelou.

O caso aconteceu na manhã de quarta-feira, pelas 07h30, numa altura de chuva torrencial. Quando os meios de socorro chegaram ao local, já o homem de 63 anos se encontrava em paragem cardiorespiratória.

Joel ainda foi transportado pelos meios de socorro para o hospital local, no entanto, acabou por não resistir aos ferimentos, e o óbito foi declarado pouco depois, no hospital.

Tanto o menino de oito anos, como o condutor do veículo, que ficou em choque, foram assistidos pelos bombeiros, e transportados para o hospital.

O alerta para o atropelamento rodoviário na rua Francisco Abreu e Sousa, junto ao posto da Guarda Nacional Republicana de Oliveira de Azeméis, foi dado cerca das 7h30h.

Fonte da Guarda Nacional Republicana revela que o sexagenário estava a atravessar a rua e segurava a criança pela mão, quando foi atropelado por um ligeiro de passageiros.

O Núcleo de Investigação de Crimes em Acidentes de Viação (NICAV) da GNR de Aveiro investiga agora as circunstâncias em que aconteceu o acidente.