fbpx

Homem morre ao tentar defender a filha agredida de 13 anos, em Vila Nova de Foz Côa

Crime está relacionado com o fim de um casamento que envolve uma filha menor da vítima mortal, em Vila Nova de Foz Côa. O homicida já se encontra em prisão preventiva.

A Polícia Judiciária deteve um homem de 35 anos de idade suspeito de ter tirado a vida a outro homem no início do passado mês de julho por este ter recusado entregar a sua filha de apenas 13 anos para casar.

O crime está relacionado com o fim de um casamento que envolve uma filha menor da vítima mortal.

A menina, de 13 anos, vivia com o companheiro, maior de idade, no Norte do País. Mas o pai descobriu que era agredida regularmente e decidiu retirá-la da casa.

A família do companheiro não aceitou e, a 5 de julho, um familiar, com cerca de 35 anos, entrou na residência da vítima e munido com uma arma de fogo disparou contra o pai da adolescente, sendo este atingido na zona abdominal, que lhe causou morte imediata.

O detido foi entretanto apresentado às competentes autoridades judiciárias, para efeitos de primeiro interrogatório de arguido detido, ato na sequência do qual ficou sujeito à medida de coação de prisão preventiva.




Artigos relacionados