Imagem ilustrativa.

Suspeito estava sob o efeito de álcool e excesso de medicação.

Um homem de 50 anos foi detido pelas autoridades por suspeita de ter incendiado um apartamento num prédio em Oliveira do Douro, em Vila Nova de Gaia.

Em comunicado, a Polícia Judiciária refere que o suspeito, que antecedentes criminais, encontrava-se alcoolizado e com medicação excessiva. O homem terá utilizado um isqueiro durante a tarde deste domingo para atear fogo a um armário e peças de roupa enquanto a companheira e o filho se encontravam no quarto a dormir.

De acordo com a mesma fonte, a companheira e o filho encontravam-se dentro da habitação quando sentiram o fumo. De imediato, tentaram extinguir o incêndio com recurso a baldes de água. As autoridades referiram ainda que os danos não foram maiores devido à rápida intervenção da mãe e do filho.

O interior da casa ficou com danos provocados pelo fogo, que colocou em perigo as restantes habitações do prédio. O detido vai agora ser presente a primeiro interrogatório para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

DEIXE A SUA OPINIÃO