fbpx

Homem mata mulher com três tiros de caçadeira, filha grávida assistiu a tudo

Um homem de 59 anos foi detido no sábado, em Braga, por suspeita de ter tirado a vida à mulher com três tiros de caçadeira.

Manuel Lopes, de 59 anos e pedreiro de profissão, terá morto a mulher com três tiros de caçadeira, arma que utilizava para a prática de caça, entregando-se de seguida no posto territorial da GNR no Sameiro, a poucos quilómetros da rua de Bugide, onde se deu o terrível assassinato.

O pedreiro terá tido um desentendimento com a esposa que terá culminado em tragédia. Uma filha do casal, grávida, terá recebido assistência no local pelos psicólogos do INEM.

Segundo revelou a Polícia Judiciária, o suspeito aguarda agora julgamento em prisão preventiva.

Em comunicado, a PJ revela que a detenção do suspeito foi levada a cabo pelo Departamento de Investigação Criminal de Braga da PJ, “com a colaboração da GNR de Braga”, tendo detido o pedreiro durante a madrugada de sábado.

O homem é suspeito “de ter disparado três tiros de caçadeira sobre a esposa, provocando-lhe a morte”.

O homem já foi presente às autoridades competentes e irá aguardar julgamento em prisão preventiva, suspeito de homicídio qualificado inserido “num quadro de violência conjugal”.




Artigos relacionados