Nasceu durante a pandemia da gripe espanhola, em 1918 e, aos 101 anos de idade, foi infetado com o novo coronavírus.

Um idoso de 101 anos, teve alta do hospital em Rimini, na Itália, depois de ter sido infetado com Covid-19. O homem, nasceu em 1918, em plena pandemia de gripe espanhola.

Chamam-lhe “Se. P” e vive numa pequena comunidade da cidade italiana de Rimini, no nordeste italiano. Foi internado numa unidade hospitalar depois de lhe ter sido diagnosticado coronavírus e acabou por ter alta esta quinta-feira.

“Trata-se de uma recuperação verdadeiramente extraordinária que dá esperança para o futuro”, afirmou Gloria Lisi, vice-presidente de Rimini.

“O Sr. P conseguiu. A família levou-o para casa ontem à noite”, acrescentou, desabafando que “para nos ensinar que, mesmo aos 101 anos, o futuro não está escrito”.

O homem recuperado da doença nasceu em 1918, durante a pandemia de gripe espanhola, estimando-se que tenha matado entre 30 e 50 milhões de pessoas em todo o mundo.

DEIXE A SUA OPINIÃO