fbpx

“Hoje fez-se história, hoje há um futuro para estas crianças…” Pai de Matilde emociona-se e deixa agradecimento aos portugueses

As bebés Matilde e Natália iniciaram esta terça-feira o tratamento com o medicamento mais caro do mundo, o Zolgensma.

“As meninas estão bem. Correu bem e não se registaram efeitos secundários. Após a administração, as meninas estiveram a ser monitorizadas”, afirmou a neuropediatra Teresa Moreno, que acompanhou o tratamento.

A administração do medicamento demorou cerca de uma hora, revelou a SIC Notícias.

Os médicos responsáveis esperam que os sinais de recuperação clínica sejam visíveis durante o próximo mês.

O pai de Matilde revelou que a bebé está bem disposta e emocionou-se ao falar sobre o apoio e contributo de todos os portugueses durante uma entrevista à TVI.

“A bebé está bem, está bem disposta, já refilou connosco (entre aspas) e está a reagir super bem ao medicamento”, começou por revelar.

“No dia de hoje fez-se história, os portugueses fizeram história, a partir de hoje há um futuro melhor para estas crianças, estamos com grandes expectativas”.

“Queria agradecer aos portugueses por terem acreditado na nossa história e na Matilde, uma história real…”.

A equipa médica do Hospital de Santa Maria deu esta tarde uma conferência de imprensa a dar conta do ponto de situação.

“Foi administrado hoje pela primeira vez o fármaco inovador a duas crianças seguidas no nosso departamento. Este tratamento surge como um beneficio acrescido e com uma vantagem em toma única”, começou por dizer Ana Isabel Lopes, diretora de pediatria.

“Foi fundamental observar que as crianças tinham estabilidade clínica”, acrescentou.

“Existe ainda um desconhecimento da nossa parte quanto à eficácia a longo prazo”, realçou.

“As crianças estão em estabilidade clínica”, disse.

“Correu bem a administração e ainda se encontram em vigilância. É uma administração simples, intervenosa, que decorreu durante uma hora”, indicou a médica responsável, Dra.Teresa.

“Vão ter alta dentro de 24 horas se continuar a correr tudo bem como até aqui”, revelou.




Artigos relacionados